Mal de Montano

novembro 8, 2007

Livro: O Bispo – A história revelada de Edir Macedo

Filed under: Montanas,Resenhas — maldemontano @ 11:18 am

Primeira edição de 700 mil exemplares esgotada

É fácil julgar ao invejar

 

Domingo, dia de culto, dia de missa, dia de Faustão, eu estava passeando pelo Café com Letras e encontrei ‘O bispo’ em primeiro plano no balcão do caixa. Confesso que sempre tive preconceito relacionado à Universal, aos evangélicos, aos carolas, aos fanáticos religiosos de qualquer espécie. Aliás, fazendo a famosa mea-culpa: aversão a qualquer fanatismo que não fosse o meu.

Contudo, no caso Edir, eu não sabia a outra versão. Nos dias de hoje é muito fácil se formar uma opinião apenas por um lado da história. Vence a mídia que você mais acessa, mais participa, mais lhe atinge.

Quero dizer com isso que a interferência dos grandes meios de comunicação de massa (MCM) “pautam” nossas idéias, nossos pensamentos e até nossas atitudes (ou principalmente, o que é pior). TV, rádio, internet, jornais…

Porém, minha curiosidade é bem maior do que o meu preconceito e sempre será. Eu boto a cara e quero chafurdar na realidade vista diretamente pelos meus olhos. Comprei o livro (estava ansiosa pelo lançamento). Especular a vida do Edir Macedo, em sua biografia autorizada, foi um prazer. Nem tanto pela leitura, que, apesar da escrita fluente, da excelente diagramação e tipologia, peca por repetir demais. Eu li, eu gostei.

Levei um susto! Embora se tenha em mão um exemplar do “olhar do outro” (no caso o dos autores da obra) dá para se refazer conceitos. A notícias que todos temos, pela mídia “global” (imperial e católica de carteirinha) é que o bispo é, em resumo, charlatão e estelionatário.

Vejamos: qual igreja, religião, não é chartalã e estelionatária? Simples: aquela em que acreditamos! Para os ateus o ateísmo, para os budistas o budismo, para os católicos o catolicismo. Daí a César o que é de César…

Todas as cristãs, praticamente, prometem milagres, cura, um pedaço do céu, a salvação do inferno, realização de promessas etc. Todas pedem uma “oferta”, “oferenda”, “dízimo”, “contribuição” etc.

É o câmbio da salvação: pague e (um dia) terás!

Óbvio que há quem “pague” com dinheiro! A maioria decerto. Há quem pague com doações patrimoniais, alimentos, trabalho voluntário. Uma “ajudinha” daqui e outra dali.

Questionar os “pagamentos” feitos à igreja católica, por exemplo, não entra em cena. Por quê? Estamos acostumados! Simples assim.

Nossa cultura tem base católica e seus dogmas estão profundamente arraigados em nossas atitudes “cristãs”. Mas ela prega o sacrifício, o voto de pobreza, o celibato.

O catolicismo prega a miséria, eu diria.

Eu que fui batizada, fiz primeira comunhão e crisma, aprendi, em síntese, a me sentir culpada. Sentir culpa de transar. Sentir culpa de ganhar dinheiro. Sentir culpa de ambicionar conforto. Sentir culpa de viver com os prazeres “da carne e da grana”.

Lucrei frustrações e culpas que até hoje estão impregnadas no “automático” de minhas ações (claro que quando percebo mudo o rumo imediatamente). Ser “humilde”, dar a outra face e carregar a cruz me foi ensinado. Vida de “penitências”, de “pai-nosso” automático, de 230 aves-maria!

Sim. Nas outras também existem dogmas, submissões e blablabla. É por isso que jogar as pedras no Edir Macedo se torna um pouco ridículo. O papa é pobre? Come pão velho e água? Veste roupa de feira? Não, o papa é nobre! E o Edir é o papa da Universal.

Não, eu não me tornei evangélica. Continuo sem religião, entretanto não aprecio injustiças midiáticas advindas de visões rasas.

Acontece que os neo-evangélicos invadiram a praia e tomaram o terreno monopolizado da Igreja Católica. Isso sacudiu. Abalou. “Almas” foram “perdidas” para a concorrência. Lembremo-nos que estamos no capitalismo globalizado. Perder fiéis significa perder poder, que significa perder dinheiro, bens etc.

Acusam o Edir de atentar contra a “fé pública”. Nada diferente, na minha opinião, do que faz a publicidade de celulares e os noticiários da TV que miram a camêra e editam precisamente as imagens que “devemos” ver… Ah, e o Congresso Nacional, o Executivo, o Judiciário, os padres pedófilos, as freiras autoritárias, as religiosas que usam Gucci… de uma lista sem-fim não escapam às distorções.

A Folha On-line acusa o jornalista Douglas Tavolaro (autor do livro) de ser “parcial”, pois foi pago por seu patrão Edir para escrever…

Digam-me, então, sobre a mídia. Diariamente ela atenta contra o público ao selecionar as “matérias” que vão ao ar e mais, todos jornalistas são pagos por seus patrões para escrever e por isso parciais, não é mesmo? Ou neste caso há dois pesos e duas medidas? (adoro usar clichês em assuntos clichês).

Voltando ao livro “O Bispo”. A obra mostra o que pensa Edir. Sim, o que Edir quer mostrar sobre ele. Sim, o que Edir assume como sendo “ele”. Sabe, vi um Edir sincero. Autêntico. Posso dar meu testemunho: ele prega e dá exemplo! Ele quebra o paradigma da massa pobre, coitada, carente, sem eira, sem auto-estima, penitente, dócil.

Edir sacode a massa e chama, clama, à ação!

Ontem fui em um culto evangélico, como o São Tomé – ver pra crer -, percebi que o que lá acontece é uma verdadeira terapia popular e o dízimo é o seu pagamento. Fundadores de terapias, de religiões, de seitas é que ditam as regras, né! Muitas vezes o que se muda é apenas o nome das coisas, vamos usando sinônimos e criando palavras novas. Roupagem diferente para antigas ações.

Lembrando de outros métodos, quem conhece a psicanálise sabe o quanto é importante o investimento do paciente em sua cura e isso, necessariamente, passa pelo metal. Em psicanálise o dinheiro (o valor da consulta paga ao psicanalista) faz parte da terapia. Se investe tempo e grana!

Se temos, hoje, consultas terapêuticas custando em média R$ 120,00 (por uma hora), em se tratando de dízimo equivaleria a um salário mensal de R$ 4.800,00. Então, quem ganha um salário mínimo poderia pagar cerca de R$ 40,00. Essa é a conta! Um “culto-terapêutico” fica na ordem de R$ 10,00 para quem ganha R$ 400,00. E, ainda, com direito a duas horas e meia de tempo, com direito a música (lembram do couvert de bar? mínimo R$ 3,00 por pessoa), interação grupal… E, mais, elevação da auto-estima pela fé! “Tudo pode quem nele crê”.

Eu li num comentário que: “crente” é quem “crê” mas não se diz em “quê”.

Crer é crer e dar o dízimo é crer e dar a oferta é crer. Jogar flores e champanhe para Iemanjá é crer (e poluir o meio-ambiente). Comer hóstia é crer. Rezar terço é crer. Ser voluntário (mão-de-obra grátis) é crer. Fazemos o que acreditamos que irá ajudar em nossa crença. Ler Saramago é crer. Ler boa literatura é crer nas possibilidades da arte e do intelecto.

Crer é crer. Dar crédito.

Edir Macedo crê no que diz. Seus fiéis também. O problema dele é ser claro. Ele é a favor do aborto e diz que é. Ele apóia o uso de camisinha, o controle da natalidade, o conforto, a riqueza material e espiritual. Ele é contra um monte de coisas também. Quem não é…

Os templos da Universal são requintados, confortáveis, suntuosos. O dinheiro dos fiéis é reinvestido em cadeiras macias, em piso nobre, em ar-condicionado, em pagamento de “salários”. Algums padre trabalha de graça? Algum profissional quer trabalhar de graça?

Edir mostra que o que é bom, é bom, e deve ser para todos e não para poucos. Todavia não é parado que se conquista! Edir é movimento. É modelo.

Por fim, prefiro um Edir Macedo que conscientiza milhões de pessoas da “massa” (que deixam de ver TV apenas) para por a mão na massa e mudar de atitude. Ele prega que não se tenha filhos, pois o mundo já está lotado. Ele prega a adoção. Ele prega o não uso de drogas. Ele prega a união da família. Ele prega valores cristãos e capitalistas.

Ele é atual e prega para uma sociedade atual.

E, no final, como qualquer profissional, como qualquer terapeuta, ele ganha por isso. É injusto?

Por Solange Pereira Pinto

————

A guerra da TV Globo Católica com a TV Record Evangélica está no começo. Talvez, a sociedade se equilibre mais.

Se a TV Record foi comprada com dinheiro “ilegal”, a TV Globo também e outras tantas mídias, rádios, afiliadas bláblábla…

Anúncios

22 Comentários »

  1. QUANTO VOCÊ LEVOU NESSA?
    COBROU SEU DÍZIMO DIREITINHO? QUEM DÁ PRO EDIR, DÁ PRO EDIR… NÃO DÁ PRA DEUS NÃO. ALIÁS, DEUS NÃO QUER DINHEIRO DE NINGUÉM, ELE NÃO É CAPITALISTA, NÃO TEM O QUE COMPRAR LÁ NO CÉU! ELEJÁ MANDOU SEU FILHO-CLONE SALVAR TODO MUNDO,MENOS OS DEMÔNIOS DA UNIVERSAL QUE PREGAM EM CIMA DA PALAVRA DELE… E DE ALAN KARDEK E COM UM POUQUINHO DE OXOSSE, OGUM E IEMANJA.

    Comentário por Ziquesis — janeiro 14, 2008 @ 9:20 pm | Responder

  2. realmente, essa pessoa diz que não tem religião
    é uma tremenda mintirosa,puxa saco desse demonio que se denomina bispo. Ela pertence à
    ceita desse nevasto.
    que fica roubando a fé do povo. sua mentira dessa pilantra, que ama esse fajuto.

    Comentário por DUDU MARAVILHA — janeiro 16, 2008 @ 9:17 am | Responder

  3. Poder opinar pode ser muito bom! Ter base elementar a respeito extremamente necessário! Não ferir, este ou aquele…é sábio…conviver com uma realidade…isto já é uma vida…e nem vivendo toda ela eu aprenderia o suficiente para sentir preparado para tal proeza…a única coisa sensata que eu diria é que Cristo, uma unica vez escreveu algo, foi no chão, que o sabio tempo apagou, só restou um gesto que devemos copiar sempre…abaixar, como ele abaixou, com o gesto que tem a marca que seguinifica “humildade”, o que Ele escreveu, em que lingua, estinta ou não …não importa! o gesto sim! Julgar nem ele ousou, nem eu ousaria, mas preferia me debruçar e conhecer um pouco Dele e pedir que me enviasse O Espirito santo pra mim entender algo! quanto a este ou aquele, meros mortais, que tentam copiar, o Mesmo e UNICO…SE APARECER OUTRO, QUE SEJA ELE VOLTANDO DE NOVO, o que não tem sentido é que leia la ” Meu reino não é deste mundo” mas contrua neste reinos e reinos a se dizer que a ele pertence…que contradição…até a poeir a do meu sapato a Ele pertence, dentro de qualquer uma desta igrejas me sentiria perto dele, mas eu vou pela minha intuição e formação, conhecimento, convivencia, etc..´. só uma Igreja é fundamentada ..só uma tem base..só uma nesceu com Maria ..mãe de Jesus…só uma Respeita a mãe terrena de Deus, so´uma tem a tradição do envio de Jesus, ” Ti enviarei no meio de lobos”, pelo martirio dos apostolos, pelo martirio dos santos que são apostolos de apostolos” …como tambem todos livros do antigo testamento tem a assinatura de um profeta e muitas veses escrito por um apostolo seu! Dai a confusão de ideias, da falta de conhecimento teologico, pois até mesmo varias faculdades do mundo nasceu em berço católico, para evoluir, dar ao povo avanços que propiciasse a própria vida, vencendo moléstias, criando recursos e tecnologia que dão conforto humano, entre outros e numerosos assuntos que abrangem a atividade humana, todos são benificiados, sejam “crentes”, ” evangelico”, protestantes ou não, anglicanos , budista,entre outras ceitas, as mais variadas que se quer tem seus fundadores conhecimento de causas para passar a seus fiéis, ” A verdadeira historia universal” que agrega a igreja catolica como maior manancial de cientistas, que contribuiram e contribuem para evolução da humanidade., até mesmo pra provar o possivel e o impossivel ! que são os limites do milagre, atribuidos a um Santo, necessários em sua beatificação, uma proeza ao entendimento ..muitas veses inesplicado…por isto a existencia de Santos, que são continuidade da tradição de uma igreja fundamentada em conhecimentos e vivencia de seu clero a serviço de Deus…o resto pode ate copiar…só que esta que defendo tem erros… tem acertos…mas até no paraizo tinha arvore do bem e do mal, tinha demonio pra tentar..e lá é a casa, morada de Deus pai…e ai vc é imune …me perdoe “””duvido””…leiam mais …tudo se explica…Ele veio pr a unir seu rebanho…e isto que vejo e desunir …quer erro maior?se quiserem mais me pergunte” amigo_sem_limite@yahoo.com.br

    Comentário por Augustus .....Cezar...ave — janeiro 25, 2008 @ 2:48 am | Responder

  4. Sou ateu e fã do Edir Macedo.
    Sempre acreditei que ele usa a religião para ajudar as pessoas, não importa se é tudo uma mentira, as pessoas precisam ouvir aquilo para serem felizes. O grande lance, é que o Edir fala sem enrrolação: “vc Vai conseguir”, “vá a luta” etc etc etc.
    Ele promete em terra, oq os outros só prometem em céu, e como ateu, tenho que defender essa idéia, uma vez que não acredito em vida após a morte.

    Gostei do seu texto, principalmente os custos da terapia ( sempre vi a IU como um grande consultório, mas nunca tinha parado pra fazer as contas do quão vantajoso ele é para pessoas carentes).

    Comentário por Evandro — fevereiro 15, 2008 @ 10:30 am | Responder

  5. Obrigadao!

    Comentário por maldemontano — fevereiro 19, 2008 @ 2:27 pm | Responder

  6. Acho que faz tempo que a Solange não entra em uma Igreja Católica, pois senão saberia como ela está diferente.
    Quando Moisés libertou o seu povo do Egito, ele libertou o povo que era escravo da religião, pois era pela força religiosa que o Faraó mantinha a escravidão do povo de Israel.
    Hoje esse tema continua atual, pois os Faraós de hoje são os EDIR MACEDO, RR.SOARES…enfim entre tantos outros, que estão aí para fazer proselitismo com o povo que adora ser escravo de alguém. Só tenho uma certeza que Deus nada tem a ver com isso.
    Tenho certeza de que o que Edir mostra não é bom, principalmente desde que eu o ouvi falar que tem o terreno do mal e do bem, quem paga dízimo está no terreno do bem, quem não paga está no inferno (o que Deus tem que ver com isso?. Isso é do homem e não de Deus, vamos parar de colocar a culpa em Deus ou até mesmo no demônio, que não está aqui para se defender de tantas culpas.
    Não estou aqui para defender o catolicismo, mas espero que as pessoas tomem mais cuidado com certas religiões que dizem seguir a Bíbli, mas o que menos fazem é isso, pois se fizessem teriam mais cuidado com os falsos profetas.

    Comentário por Maristani Machado Pinarelo — maio 3, 2008 @ 6:17 pm | Responder

  7. Olá Maristani, o bom da liberdade de expressão e de crenças é exatamente cada um poder dizer e crer no que bem entender! 🙂

    Abraços montanos!

    Comentário por Montana — maio 8, 2008 @ 2:07 pm | Responder

  8. Aprendi a ouvir e respeitar,coisas que muitas pessoas,pela pouca experiencia de vida digamos assim,ou muita imaturidade.Quando paramos para ler algo interessante e inteligente bem esclarecida como foi a opinião acima,devemos “respeitar”,a pessoa que a atacou com ofensas deveria ter carater e da a cara para bater,para ser “processado”,ja que é “tão macho”.A pessoa expressa uma opinião,vem um com criticas pesadas,e com vocabulario chulos.Quero confessar que sou cristão protestante,e respeito todas as religiões,pois ja fui um catolico praticante,não estes que se dizem catolicos e nunca vãi a missa,hoje mudeia minha opinião,mais respeito a todos.E concordo com a opinião do Edir Macedo,devemos crer que é possivel aqui neste momento,pois tudo são momentos,e este em que vivemos devemos sempre acreditar que podemops conquistar,sem atroplear ninguem,sem passar por cima de ninguem,mais com Fé em Deus é possivel tudo que cre.Que possamos batalhar por um país mais justo,igualdade social,ambientalmente sociavel,e que nossos flhos possam gozar de dias melhores plantados por nós.Jesus morreu por nós somente para isso,QUE AMEMOS O PROXIMO COMO A NÓS MESMO.faça para o proximo,como se vc fosse fazer para vc mesmo.

    Comentário por Marcelo Mineiro — junho 6, 2008 @ 2:42 pm | Responder

  9. É isso mesmo Marcelo! Abraços montanos!

    Comentário por Montana — junho 15, 2008 @ 9:31 pm | Responder

  10. Mesmo eu não sendo católico, respondo a sua pergunta
    SIM o Papa é pobre. Todos os bens utilizados de membros da igreja católica são de propriedade da igreja.
    Eu lhe pergunto, vocês dizem que Edirt MAcedo faz caridade, ONDE JÁ SE VIU ALGUEM ENRIQUECER COM CARIDADE??

    Comentário por M — janeiro 3, 2009 @ 12:04 am | Responder

    • Olá, M!
      Pobre para mim é que tem carências materiais. Se são ou não da igreja, não importa. A vida que o papa leva é de rico. Ser pobre assim, até eu quero. Aliás, dá menos trabalho, pois não precisa cuidar dos bens.

      Comentário por maldemontano — abril 13, 2009 @ 1:12 am | Responder

  11. É desolador ver como as pessoas perdem o senso de certo e errado em questões tão simples apenas por preferência religiosa. Essas mesmas pessoas que defendem Edir Macedo fervorosamente jamais adimitiriam o real carater do fundador da IURD… mesmo que ele fosse pego no flagra.

    Comentário por Marcio Antenor — janeiro 3, 2009 @ 12:12 am | Responder

    • Concordo plenamente, em gênero, número e grau…

      Comentário por Maristani — outubro 12, 2009 @ 12:59 am | Responder

  12. Como alguém em seu perfeito juízo poderia mudar de idéia sobre o Edir Macedo lendo um livro escrito/dirigido pelo própio Edir macedo? Será que alguém acredita nisso? Eu penso que a melhor maneira de conhecer Edir Macedo e os motivos da existência da igreja Universal é ver os vídeos, que circulam na internet, de momentos que o bispo estava sendo gravado sem saber. Nestes momentos o que vemos é a verdade, sem edição, sem a direção do bispo e, infelizmente para os seguidores da universal, sem possibilidade de contestação. Nesses vídeos vemos um ser humano materialista, sem a menor preocupação com as pessoas, ensinado os pastores e bispos como arrancar dinheiro dos fieis em troca de todo tipo de promessas. Vemos aí os fundamentos, os motivos da existência da Igreja Universal proferidos pelo próprio Edir Macedo. Fica evidente a exploração da fé quando as promessas de solução de todos os problemas, materiais e espirituais,ficam vinculadas a doação para igreja. Ao mesmo tempo a igreja apregoa que, se você não foi atendido nos seus desejos é porque a oferta não foi suficiente, não foi o máximo que você poderia fazer, ou seja, você não teve fé suficiente. Analisando esses vídeos, com base nos fundamentos da bíblia, você acha que o Sr. Edir Macedo é um seguidor de Deus ou do demônio?

    Comentário por Rodrigues — fevereiro 1, 2009 @ 1:24 am | Responder

    • Rodrigues,
      Exploração por exploração da fé, a católica bate recorde ao proibir uso de camisinha… qual é a pior exploração: patrimonial ou moral?

      Comentário por maldemontano — abril 13, 2009 @ 1:15 am | Responder

      • Por favor, não foge do assunto, com essa argumentação sem nexo…
        Depois de tudo que foi transmitido na mídia nos últimos dias, vc ainda defende o Edir.
        Legal, a lavagem cerebral foi bem feita…

        Comentário por Maristani — outubro 12, 2009 @ 1:02 am

  13. Nasci numa familia católica, fui educada em colégio de padres e freiras, enfim o típico de uma família italiana do interior.
    Sendo sincera nao conheci a Deus apesar de tudo isso, porque nunca presenciei um testemunho do amor de Deus em seus ditos “representantes”. Isso tudo me causou o que? Muitas culpas, porque eu queria experimentar o mundo, mas a culpa que vinha era tao grande, porque nao me ensinaram que Deus nos ama e nos quer preservados, porque nosso corpo é a morada do Espírito Santo, que Jesus nos lavou de todos esses pecados por amor incondicional a nós…
    Eu cresci ouvindo mais do caráter de Maria, do que do sacrificio que Jesus fez por nós, mais de inúmeros santos do que sobre o fruto do espírito que só Jesus teve e pode nos dar se observarmos os mandamentos de Deus…
    Hoje sou cristã protestante, pra ficar mais fácil, e acredito que a IURD vai até o perdido sim, ao drogado, a prostituta, ao assassino, aqueles que ninguém vai atrás, porque são “impuros”… Nunca vi nenhum dos padres que me educaram fazendo esses tipos de trabalho… era melhor evangelizar a fina flor da sociedade né ? E para as igrejas católicas serem do tamanho que são, com certeza foi através de dízimos, ofertas, doações… E DEVOLVER ao Senhor 10% no mínimo pelo que ele nos deu para sustento de sua Igreja é Biblico… Se os “gestores” deste dinheiro não o usarem para o REINO DE DEUS, independentemente da denominação, o juizo final existe e DEUS é o justo juiz… será um problema deles com Deus… Que Deus os abençoe em nome de Jesus

    Comentário por Saône — fevereiro 3, 2009 @ 12:43 pm | Responder

  14. Saone,
    Dizimo foi usado sim pela Igreja Católica principalmente antes da idade contemporânea e é responsável pela fortuna do Vaticano. Porem, a fortuna é do Vaticano e da Igreja Católica, não de um padre, bispo ou do Papa. Uma pessoa podia ter poder com o uso da influência da igreja no passad mas não dinheiro.
    E o erro da Igreja católica no passado não justifica os erros da IURD hoje, e jamais justificaram o enriquecimento de Edir Macedo ou seus ensinamentos de como tirar dinheiro dos fieis usando como instrumento a desgraça alheia.
    Att

    Comentário por Marcio Antenor — fevereiro 4, 2009 @ 7:00 pm | Responder

  15. A nobre colega deixou de relatar os assassinatos, roubos, trafico de drogas e outros crimes que este “verme” cometeu em sua caminhada. Deixou de observar que, se um de seus pastores adoecer, tem o exato prazo de 48 horas para desocupar o imóvel da igreja, sob pena da lei que a própria igreja criou. O modo operantis da IURD é “roubar, matar, enganar e, usar em vão, o nome do nosso Deus todo poderoso o Sr. Jesus Cristo!”. Nossa colega deixou de informar que, nas décadas de 60 e 70, o Papa da Universal era proprietário de um terreiro de feitiçaria, usava em vão o nome da Glorioza Umbanda e Candomblê para angariar, e, por agir assim foi “escumungado” das religiões afro-brasileiras. Observo que sua escrita é impecável, mostra-se ser pessoa bem “letrada”, entretanto, como desenvolveu uma “tese” em seu texto, deveria, por obrigação, buscar outras fontes antes de expor juízo de valor.

    Comentário por Douglas Navas — março 5, 2009 @ 2:07 pm | Responder

    • Caro Douglas,
      Para se expor um juízo de valor é preciso apenas coragem e não concordância baseada em outras fontes. Vejo que assassinatos, roubos, tráfico etc. também são cometidos por outros “santos”. Proibir uso de camisinha em tempos de AIDS é assassinato, aliás é praticamente genocídio já que vários morrerão. Roubar, usurpar, está no primórdio da igreja do santo padre… Leis próprias é o que a católica tem de sobra. Por isso, não entendo seu espanto… São apenas lados diferentes da mesma moeda!

      Comentário por maldemontano — abril 13, 2009 @ 1:24 am | Responder

  16. Douglas Navas,
    Curiosamente, essa não é a primeira vez que leio sobre essa mesma teoria. Considerando que as origens da mesma informação são distintas é bem fácil você estar certo quanto a origem de Edir Macedo.
    Pena que o nome deste sujeito manche religiões tão bonitas como a Umbanda.
    Sds
    Marcio Antenor

    Comentário por Marcio Antenor — março 10, 2009 @ 8:07 pm | Responder

  17. Já diz a sabedoria popular “O pior cego é aquele que não quer ver”..
    Sempre vai existir gente que gosta de passar a perna nos outros e aqueles que gostam de ser passado para trás por um mais esperto..
    Conto do bilhete, cheque, venda do pedacinho do céu… e assim vai… a lista de golpes é grande.
    E um VIVA para os espertos ….

    Comentário por Maristani — outubro 12, 2009 @ 1:09 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: