Mal de Montano

fevereiro 7, 2007

O ato de escrever por Graciliano Ramos

Filed under: Mal de Antano,Mal do dia — maldemontano @ 8:05 pm

“Deve-se escrever da mesma maneira como as lavadeiras lá de Alagoas fazem seu ofício. Elas começam com uma primeira lavada, molham a roupa suja na beira da lagoa ou do riacho, torcem o pano, molham-no novamente, voltam a torcer. Colocam o anil, ensaboam e torcem uma, duas vezes. Depois enxáguam, dão mais uma molhada, agora jogando a água com a mão. Batem o pano na laje ou na pedra limpa, e dão mais uma torcida e mais outra, torcem até não pingar do pano uma só gota. Somente depois de feito tudo isso é que elas dependuram a roupa lavada na corda ou no varal, para secar. Pois quem se mete a escrever devia fazer a mesma coisa. A palavra não foi feita para enfeitar, brilhar como ouro falso: a palavra foi feita para dizer.” 

 

 

 

 Fonte: http://www.graciliano.com.br

Anúncios

2 Comentários »

  1. graciliano tá tendo muitos bandidos na frente das escolas de itajai temos que bricar com os pocilias para eles ir todos os dias nas escolas principalmente na saida que os rapazes que não estudão nas escolas estão indo para bater nos alunos e vão armados na frente das escolas

    Comentário por willian — maio 4, 2011 @ 2:48 pm | Responder

  2. ruim pra caralho

    Comentário por alguem mal humorado — julho 30, 2011 @ 12:21 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: