Mal de Montano

novembro 9, 2006

Resposta

Filed under: Correspondências do Mal — maldemontano @ 4:49 pm

—–Mensagem original—–

De: Wiliam Fergoe

Enviada em: quinta-feira, 5 de outubro de 2006 15:38

Para: Perséfone Montana

Assunto: Re:

Diga minha dileta escritora,

  

Segue o texto Amem, espero que vocês gostem. É forte. E quanto à minha fase romântica, estou num dilema: fui abatido pelo mesmo desânimo do Rimbaud. Não tenho mais encontrado eco nos meus próprios textos, que antes me preenchiam. A vastidão dos livros na minha estante já não me seduz tanto. Até quando vou ficar bebendo na fonte deles, e a minha será essa, uma gota apenas? Também decepcionado com o mercado editorial. Pessoas que rasgaram a alma para gerar uma obra, hoje se resumem a um calhamaço de coletâneas inacessíveis aos leitores. Não é justo. O texto, texto verdadeiro mesmo, é rabiscado como se giletes nos perfurassem. De todos os sentimentos, a dor é a que dá mais ouro ao texto. E transformar essa dor em mercadoria de luxo não é justo. Vou continuar a rabiscar minhas coisas, mas não sei até quando. Talvez até o dia em que eu me reconhecer um penetra nessa arte e aceitar que o cotidiano faça de mim mais um fantoche de suas ordens. 


Não suma e bjos  

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: