Mal de Montano

novembro 3, 2006

Coletânea I – Ele disse… Ela disse… Eu repasso…

Filed under: Aqui o mal geral,Mal do dia,Outros Escritos — maldemontano @ 3:37 am

 230906-001.jpg

Por Pandora Montana

Feriadão. Em casa de pijama sobre as teclas. Ih! Vinho. Taça sozinha. Lascou! Sem bagaceira, vamos lá! Sou mexeriqueira. Fucenta. O cuco voava da copa avisando: “menina, fecha logo essa caixa!” Que nada! Vou hiperlinkar um pouco mais. Hahahaha. As horas se acumularam. Peguei um retalhinho aqui, outro ali. Fui juntando minhas preferências para aspas de cada escritor blogueiro que visitei. Tombado o primeiro tinto, fiz a primeira coletânea de tesouradas: “Ele disse… Ela disse… Eu repasso…”

Afinal, aqui é um lugar que obsessivamente busca interagir escritores-escrituras-leitores. Não é? Ah, prometo, carinhosamente, publicar um capítulo por semana, ou quem sabe quinzena?  

Aguarde, você pode ser o próximo a levar uma tesourada! Entrará na caixa de Pandora e sairá no Mal de MontanoCapítulo I

“Participei final de semana passado do “Balada Literária”, evento de lançamentos e debates literários espalhados pela zona “Oeste” de São Paulo. Conclusões? As mesmas de sempre. Um bando de frustrados. Sim, UM BANDO DE FRUSTRADOS, e eu bem que gostaria de dizer que não sou. Digo, participei de uma mesa de respeito, com Sérgio Sant’Anna e Nelson de Oliveira, mediados por Xico Sá, e o que mais se ouviu foi como escritor é fodido, como a literatura não tem espaço, como tudo é difícil… Fiquei aqui pensando que há poucas classes tão frustradas como a de escritores. UM BANDO DE FRUSTRADOS! Literatos” (Santiago Nazarian)

“Escritores apreciam uma decadência adolescente”. (Cristiane Lisboa)

“O pessoal, de fato, está empolgado e querendo mais palavras e cervejadas. Eu, de minha parte, já estou recuperando as forças para as próximas empreitadas”. (Marcelino Freire)

“Férias produtivas, limpei a casa do espírito, pintei dez quadros e escrevi um romance”. (Andréa Del Fuego)

“Como acredito que escritores deveriam apenas escrever romances e, fora disso, se entregar ao silêncio e ao anonimato, inauguro este blog no Globo Online com o único propósito de destruir a minha própria e incipiente reputação”. (João Paulo Cuenca)

___________________________

Observação: Todos os trechos acima foram  respeitosamente “recolhidos” dos blogs de seus respectivos autores. Veja os links: Mal ou cura?

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: